Muitas empresas não conseguiram honrar com a legislação em que determina o pagamento das verbas rescisões em até dez dias contados a partir do término do contrato.

Muito embora o cenário econômico seja crítico, a Lei não autoriza o parcelamento das verbas rescisórias. Então, se houver, a empresa está sujeita ao pagamento de multa em favor do empregado no valor equivalente ao seu salário, além de sanções administrativas.

⚠Em situações excepcionais é possível o parcelamento via acordo ou convenção coletiva, o que depende de negociação com sindicato. De forma individual através de acordo extrajudicial, o que requer homologação do juiz.

Me conta nos comentários se esse conteúdo foi útil pra você.