Você já imaginou como seria seu lucro sem os gastos exorbitantes com tributos? Veja alguns passos para reduzir os impostos da sua empresa.

Lupa sobre moedas, relatório financeiro.

Somente no primeiro semestre de 2019, o valor que o governo arrecadou de imposto ficou acima de 1,2 trilhões de reais; dessa quantia, 245 bilhões são do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) segundo impostômetro, ou seja, impostos pagos pelas empresas, tornando o Brasil o país que mais tributa empresas no ano de 2019.

Visto a grande quantidade de tributos que os empreendedores pagam, listamos algumas das formas de reduzir os tributos da sua empresa, bem como, evitar pagamentos de impostos duplicados. 

 

Alerta!

Todo empreendedor sabe a dor e o prazer de manter seu próprio negócio, bem como, as competências fundamentais de todo empreendedor. No entanto, essas terão pouca influência sobre alguns pilares do negócio. 

Um deles é quando falamos dos tributos que as empresas pagam. Uma vez que estamos falando de legislação, não é preciso, muito menos demérito, caso você não domine de toda a legislação tributária. Mas este pilar é motivo de alerta, pois caso haja erros que caracteriza sonegação de imposto, o governo o cobrará, além de ser considerado crime. 

Primeiros passos

Antes de encontrar formas de reduzir os tributos da sua empresa, é preciso avaliar a situação atual dela, visto que isto influenciará em toda a estrutura, a fim de evitar pagamentos de impostos duplicados. Existem três pontos que precisam estar bem definidos e alinhados para que sejam pagos os impostos de forma correta, sem acréscimos ou faltas, são eles: 

1 – Definição das Atividades

Toda empresa desenvolve uma atividade, seja produção ou um serviço, e esta definição conduzirá a forma de analisar e promover estratégias para a redução de tributos. 

2 – Formação Societária

Esta definição determina o percentual de contribuição e responsabilidades de cada sócio.

3 – Regime Tributário

Os tributos pagos por pessoas jurídicas são regulamentados por um conjunto de leis,  este é denominado Regime Tributário.

Após alinhados estes três pontos, podemos pensar em estratégias para a redução de tributos.

 

Estratégias para a redução de tributos

Mão inserindo moedas em jarro.

1 – Benefícios Fiscais

Os benefícios fiscais são a redução ou abatimento integral dos tributos da empresa em troca de ações, investimentos em áreas específicas ou investimento em áreas do governo. Para tanto, analise as legislações das esferas governamentais e faça um levantamento de valores para confirmar se é vantajoso, mas atente-se aos programas, pois alguns se encaixam em regimes de tributação específicos.

2 – Redução do pró-labore

A retirada do pró-labore é obrigatória a partir do primeiro mês que há emissão de nota fiscal por parte da empresa; este incide contribuição previdenciária, bem como imposto de renda. A estratégia para redução de tributos neste caso, é você contatar sua área de Recursos Humanos e Financeiro, a fim de estabelecer uma política de pagamento do PLR, pois esta não incide impostos pagos pelas empresas. 

3 – Terceirização

Mais uma das estratégias para a redução de tributos é a terceirização de tarefas secundárias, desta forma, além de reduzir os impostos da sua empresa, você poderá contar com uma equipe especializada. 

 

Como visto, as formas de reduzir os tributos da sua empresa são inúmeras, mas vale ressaltar que estas devem ser analisadas e pensadas dentro da lei, de modo que não haja falha e, em vez de reduzir os impostos da sua empresa, ser penalizado.